O Município

Trabalhando por todos

Arapuá - MG

Conheça mais

Apresentação


Data: 28/06/2017 15:59 A+ A-


A Cidade

Arapuá, situando-se na microrregião do Alto Paranaíba MG, a 340 km da capital, e 530 de Brasília, conta com uma população de 3.000 habitantes, e faz divisas com os municípios de Rio Paranaíba, Carmo do Paranaíba, Tiros e Matutina. Emancipada de Rio Paranaíba e elevada a condição de cidade em 01/03/1963, a cidade teve o seu desenvolvimento econômico, baseado essencialmente nos altos índices de fertilidade de suas terras.

Produção Agrícola

O Município perpetuou-se desde outras eras, como notável produtor agrícola de produtos de excelente qualidade, dentre estes, o feijão, o milho, batata, arroz, mandioca, a cana de açúcar, maracujá e hortigranjeiros, muito especialmente o tomate, de incomparável sabor. O Café, a partir do final da década de 70, veio também a ter significante importância econômica para o município, perdurando-se até os dias de hoje.

Das Pastagens à Produção Industrial

As pastagens do Município sempre foram tidas como de excelente e peculiar qualidade, o que levou os produtores a uma orgulhosa referencia de que o leite produzido em Arapuá, seria por todos os critérios, o melhor leite da região, em vista da boa pastagem e clima favorável. Modéstia a parte, a afirmação parece derivar de boas fontes de verdades, haja visto que empresários de distante procedência, mas experientes conhecedores de leite, escolheram a cidade, para a implantação de sua moderníssima e ultra equipada fábrica de laticínios. A Tirolez, da qual nos referimos, hoje também o maior empregador da iniciativa privada da cidade, produz principalmente do leite arapuense, os mais diversificados tipos de queijos, seguramente do agrado dos mais exigentes paladares. É comum encontrarmos o queijo procedente da fábrica arapuense, na maioria dos grandes centros urbanos, distribuídos pelas grandes redes de supermercados, sem esquecer ainda dos benefícios trazidos com a geração de divisas, da exportação para vários países . O “know-how” é da fábrica, o produto vem genuinamente das fontes e mãos arapuenses. É de se notar que, Arapuá tem um perfil econômico bastante semelhante ao de muitas cidades interioranas mineiras, que tem no binômio Agricultura/Pecuária, suas principais fontes econômicas.

Educação

As escolas Municipais, assim como uma Escola Estadual, são muito bem equipadas e a cidade só tem a orgulhar-se da excelente qualidade do ensino praticado no Município, a partir de creches ao término do 2º. Grau. O esmero, capricho e estado de conservação das escolas, podem ser tidas como referencia em qualquer quesito. O interesse também pela educação superior no Município, cresceu muito, mas não desfez o inquebrantável interesse e desejo do Executivo, em ajudar na escalada enfrentada pela juventude, que busca na educação a conquista de seus objetivos profissionais. Os alunos universitários tem o apoio incondicional da Prefeitura, que inclusive presta-lhes livre de qualquer ônus, o transporte diário a Patos de Minas ao cair da tarde, para a freqüência nos diversos cursos Universitários escolhidos. É reconhecível que esta seja uma árdua tarefa cotidiana, por parte dos universitários, que enfrentam um vai e vem, de quase 200 km de ida e volta, mas que no fim, eles próprios, também reconhecem, são os únicos beneficiados. O que a comunidade e especialmente a juventude Arapuense, clamam e anseiam, é pela implantação de uma extensão universitária na cidade, que beneficiaria, não só estes batalhadores alunos , mas incentivariam ainda um número maior de interessados em galgar os degraus na conquista de uma educação superior. Sem duvida um anseio muito pertinente, e uma merecedora conquista. Arapuá na era da inclusão Universitária, e porque não ? Saúde Já data dos anos 80 a inauguração e funcionamento do Hospital Municipal, e este a julgar pelo tempo decorrido, já seguramente deve estar a merecer uma integral reforma e modernização, para melhor adequar-se inclusive, a parâmetros e exigências da área de saúde. Novos e modernos equipamentos hospitalares , com certeza deverão fazer parte desta renovação. A cidade está provida ainda de um moderno Posto de Saúde em pleno funcionamento, que diariamente atende a um grande número de pessoas da população, rendendo-lhes um atendimento de muita presteza, atenção e profissionalismo, no que estão aptos a oferecer.

Esporte e Lazer

O povo arapuense é imbuído de um espírito esportivo de níveis quase inigualáveis . Aqui não tem idade para entrar numa competição, e se os jovens podem, os de meia idade também, e claro, os de terceira idade, são os que mais podem e devem mesmo competir. Assim que, é comum em competições organizadas na cidade, ter diferentes turnos de cada categoria. É o futebol dos velhos, é a corrida da meia idade, e assim vai . Mas, categorias a parte, quando se tem um Atlético e Cruzeiro , aí sim, a coisa muda de figura, e a torcida pode chegar quase as margens da rivalidade de um Brasil e Argentina. O futebol tem na realidade uma grande tradição para Arapuá, e data de décadas a formação de seus bons times que sempre estiveram a frente de grandes disputas do futebol da redondeza. Houvesse em épocas passadas, a facilidade do mundo globalizado de hoje, que assiste tudo, que compra e vende tudo, e com certeza muitos talentos futebolísticos Arapuenses da época, teriam sido grandes estrelas do futebol brasileiro, ou quem sabe italiano ! ! ! … Icha ! ……. É mesmo ? (Desculpe, você jovem arapuense que está jogando hoje, )….. mas é claro eu tenho que puxar a sardinha para o meu lado, e este pobre mortal que está procurando informar-lhes, também já jogou no futebol arapuense, em uma outra época. ( E olha, pelo que se dá pra lembrar, o time era melhor do que vocês ) , mas, paciência ….. né , passou .. : Apesar dos pesares, ainda é muito bom ver o nosso Ouro Verde entrar em campo, e obvio, é melhor ainda quando sai com um resultado positivo. Avante …… Ouro Verde. O Ouro Verde, para você visitante, é o nosso time local, que desfruta de uma sede com instalações bastantes favoráveis as necessidades de um atleta, uma boa piscina, um ambiente de sossego, e além de tudo, com a pretensão de ser renovado com modernas estruturas de uma nova sede social, salas de musculação, mais áreas de exercícios físicos, salas de relaxamento, saunas e jogos, sem dúvida um grande empreendimento que virá agregar mais importância ao clube da mais fantástica e indevassável vista , que deslumbra para um grande vale de um verde permanente, que vai tão longe quanto a vista alcança, e de fazer inveja a panoramas cinematográficos. O Ouro Verde, é também o clube social da cidade, de onde procede um ambiente de boa convivência e entendimento da comunidade. O Estádio, cujo nome homenageia um grande esportista e fantástico goleiro de outrora, ( o saudoso e sorridente Sapiroca ), está sempre bem cuidado, com uma constante verde grama, muito bem cortada, que chega em épocas a ser comparada com a de rentáveis estádios de grandes centros urbanos.

Do Povo de Arapuá

Como não podia deixar de ser, e obviamente fácil de se imaginar pelo que se comentou ate aqui , de que as tradições de hospitalidade, amizade, a caridade e a desconfiança mineira, tinham que estar presentes em Arapuá, e claro, estão, e talvez até em dose dupla, caso contrario não estaríamos tratando de Minas Gerais. O povo arapuense é hospitaleiro ao extremo, é muito amigo, é caridoso, mas obvio, como todo mineiro que se preza, é portador também de boa dose de desconfiança.

E porque não ? “ A gente é mineiro, uai ! “ .

Caracterizando-se como conservadora de tradições mineiras, a cidade mantém ainda nos dias de hoje os lendários sabores de minas. Quem falaria mal de uma pamonha ou de um pão de queijo feito por uma Arapuense? Ou do frango caipira, do doce de leite, ou do doce de pau de mamão ! E … por ai vai, o mais difícil nesta altura, seria só mesmo controlar a balança. Também do tradicional artesanato mineiro, a cidade sempre teve destaque em seus trabalhos de teares, tapetes, tricô e muito especialmente o crochê, que mostra um primoroso trabalho, hoje quase inexistente no artesanato mineiro.

Governo Municipal

O Executivo atual, consciente do grande desafio que está tendo à frente, e mesmo diante de uma frágil e delicada situação financeira do Município, tem se mostrado tranquilo e sereno, buscando o equilíbrio entre o que realizar agora, e o que deixar pra “ daqui a pouco ”. Este é um Gestor que tem pressa em fazer, e mesmo diante da adversa situação financeira, seu espírito realizador tem falado mais alto, e até aqui, o saldo de suas realizações, está tendo uma leitura altamente positiva, ainda que estas estejam muito distantes do que se imaginou que iria ser feito. Mas, … paciência … calma, a gente espera.

“ Bem vindos à Arapuá … “

ela não faz mal, faz mel .